Takenoko – broto de bambu (竹の子)

Takenoko – broto de bambu (竹の子)

150 150 Paula Hidemi Kaneoya

Produto muito apreciado na culinária oriental, é de fácil preparo e muito saboroso. Versátil, aceita temperos variados como os abrasileirados ou os tradicionais temperos agridoces do oriente. Assemelha-se ao palmito.

Modo de preparo

Primeiramente é preciso algum cuidado na retirada dos brotos. Deve-se tirar os brotos jovens, ainda tenros, pois a parte comestível é a fibra ainda mole, branca. Os brotos grandes com mais de  70 cm de altura já estão passados, com as fibras duras. Quanto mais escuro estiver o broto, aproximando-se da cor do bambu adulto, mais maduro ele estará (verde ou amarelo) e consequentemente, menos macio. O bambu gigante conserva sua maciez mesmo aos 70 cm ou mais, assim como o bambu mais fino amadurece com menor comprimento, devendo ser colhido até 40 cm.  Um bom método para colheita é quebrar os brotos na base, empurrando-os com o pé. Alguns brotos são dotados de espinhos que se assemelham a penugem. É preciso cuidado, pois em contato com a pele provocam coceiras. Tiradas as cascas, deve-se retirar a parte comestível. Um bom teste é desprezar a parte que requeira força para se cortar com faca afiada. A seguir tira-se o amargor cozinhando-se em água bastante salgada (mais ou menos 5% de sal do peso dos brotos) por cerca de dez minutos após levantar fervura, ou 5 minutos em panela de pressão. Deve-se então dessalgar os brotos, como se faz com o bacalhau, renovando-se a água duas a três vezes. Pode-se usar também bicarbonato de sódio como na receita abaixo.







Bom apetite!!!

Receita: Takenoko com carne suína

Receita retirada do Tudo Gostoso.

Ingredientes

1 kg de broto de bambu;

2 colheres de café de bicarbonato de sódio;

500 g de carne suína ou outra que preferir;

Temperos a gosto.

Modo de preparo

1. Corte o miolo do broto de bambu em rodelinhas;

2. Coloque em uma panela para cozinhar, quando levantar fervura, colocar 2 colheres de bicarbonato de sódio;

3. Deixe por alguns minutos e desligue. O bicarbonato de sódio tira o amargo do broto de bambu;

4. Escorra a água e renove-a trocando algumas vezes no dia;

5. Refogue a carne picadinha com todos os temperos a gosto;

6. Coloque o broto de bambu e cozinhe até pegar o gosto.

 

Paula Hidemi Kaneoya

Bibliotecária formada pela Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC. Ministra oficinas de origami.

All stories by : Paula Hidemi Kaneoya
2 Comentários
  • Olá!
    Seria interessante colocar a quantidade de bicarbonato em gramas ou descrever qual tipo de colher.
    Infelizmente muitas receitas no brasil descrevem o preparo em objetos ao invés de gramas ou objetos específicos como: copo americano, igual a tantas gramas etc.
    Eu fervi o bambu, como minha mãe me ensinou, mas troquei a água logo e o amargo continuou. Para não desperdiçar a salada acabei colocando ovo,pinga e fazendo um tempurá e assim deu para comer.
    Grata.

  • Iochihiko Kaneoya 22/02/14 at 18:52

    Cristina,
    A quantidade de bicarbonato que uso é uma colher de sopa rasa para cada litro de água.
    Hisae Kaneoya

Leave a Reply