O Sucesso do Cosplay

150 150 Bruno Kaneoya

http://www.japantimes.co.jp/

Cosplay (costume play) é a prática de se vestir como os personagens de mangás, animes ou video-games. No Japão, esta comunidade vem crescendo assustadoramente e o mercado começa a mostrar sinais de amadurecimento e hoje oferece ótimas opções para os fãs.







Hoje, a indústria não é mais só movimentada pelos otakus (geeks), mas também por sites profissionais para a organização de eventos, lojas de fantasias, cursos para técnicas de cosplay e escolas de inglês para cosplay. Segundo Hajime Kanda, gerente geral da Clearstone Co (líder em fabricação de fantasias), o mercado de fantasias movimenta aproximadamente ¥ 35 bilhões (R$ 606 milhões).

Além das fantasias, os eventos contribuem bastante para este mercado. Estima-se que no Japão, aconteçam mais de 100 encontros por mês, sendo parte deles organizados por grupos fechados e outros por empresas. Diversas iniciativas ganham notoriedade nestas ocasiões, tais como empresas fabricantes de fantasias, desenhistas amadores etc.

Por fim, o sucesso não fica restrito ao Japão. Vários eventos de cosplay organizados mundo afora ficam repletos de jovens fantasiados posando para fotografias. Os principais países adeptos desta cultura são os Estados Unidos, Canadá, Alemanha e Brasil. Por aqui na terra do samba e do carnaval, o Anime Friends, um concurso de cosplay organizado pela Yamato Comunicações e Eventos, destaca-se entre um dos maiores eventos do setor no Brasil e contou com 1200 inscritos no ano de 2007.

Fontes: http://www.japantimes.co.jp, http://pt.wikipedia.org/wiki/Cosplay

Bruno Kaneoya

Bruno Kaneoya, designer e sansei (neto de japoneses). "Como designer, é imprescindível compreender a maneira como a sociedade funciona, se comporta e se transforma, por isso escrevo sobre este assunto no NIPOCULTURA."

All stories by : Bruno Kaneoya
1 comentário
  • Eu acho um barato esse povo que faz cosplay, mas eu mesmo não tenho vontade de fazer.

    Tem uns cosplay muito bons, deveriam chamar alguns deles pra trabalhar no cinema, de figurinistas =D

Leave a Reply