Soba | 蕎麦

Soba | 蕎麦

150 150 Iochihiko Kaneoya

Ao mudar de residência, o japonês costuma oferecer o soba aos seus vizinhos e ao senhorio. Esse costume de se oferecer o soba, chamado soba da mudança, nasceu nos finais do Período Edo (1603-1868).







Em japonês, soba significa também perto, e o macarrão tem fios longos que não se partem facilmente, razão porque é oferecido pelo novato aos vizinhos, como a manifestação do desejo de que a amizade seja tão próxima, longa e resistente, como os fios do soba.

O trigo sarraceno, com que é feito o soba, foi trazido da China no Período Jomon (14000 a.C. – 200 d.C.), mas foi depois que o trigo começou a ser consumido na forma de macarrão, adquirindo o formato atual, longo e resistente, no Período Edo. Entre os anos 710 e 794, no Período Nara, o trigo era consumido cozendo-o como o arroz. Com o passar do tempo, novas variantes foram surgindo, misturando-se água ao trigo (soba-gaki) ou recheado com verduras em salmoura (tsukemono) ou com feijão vermelho (soba-mochi). Mais tarde, misturou-se também a farinha de trigo, que era escassa, ao trigo sarraceno que era mais abundante por se dar melhor em terras áridas. Para se dar mais consistência, passou-se a utilizar outros ingredientes que eram misturados à massa: inhame, alga marinha e ovo, adquirindo a forma atual, chamada soba-kiri.

Hoje o soba faz parte da culinária cotidiana japonesa, adicionando-se caldo quente ou frio, mas há o costume do consumo em ocasiões especiais: o toshikoshi- soba, é o consumido na passagem do ano, costume mais rigorosamente seguido do que o misoka-soba, consumido no último dia de cada mês. A tradição do soba da mudança já não é tão popular como nos tempos em que não havia os profissionais da mudança e eram os parentes e vizinhos que entravam em ação, mas permanece o costume de se degustá-lo entre os que ajudam o novato a se instalar na nova residência.

As ocasiões para consumo mudam; o que permanece inalterada é a mensagem de amizade próxima, longa e duradoura.

Referência

Revista Nipônica, n. 4 (2011)

Iochihiko Kaneoya

Formado em Direito e mestrando em cultura japonesa pela Universidade de São Paulo - USP. Pesquisador da cultura japonesa.

All stories by : Iochihiko Kaneoya
2 Comentários
  • acho lindo a cultura japonesa.é tradição aliada a uma sabedoria,

    que sempre encanta quem entra em contato com seus escritos.

  • Oi pessoal do Nipocultura, Soba eh realmente muito delicioso, no ano novo nao pode faltar, um dos meus pratos preferidos. Bjs.

    JapaCult
    http://japacult.blogspot.com

Leave a Reply