NIPOCULTURA

A cultura japonesa ao seu alcance

A SEMANA DA PAZ – II

150 150 Iochihiko Kaneoya

A SEMANA DA PAZ – II   O imigrante Kazumi Ogawa – II   Ogawa não quis mais permanecer em local de tão tristes lembranças. A outrora agradável Nagasaki dos…

read more

A SEMANA DA PAZ – I

150 150 Iochihiko Kaneoya

A SEMANA DA PAZ – I O Imigrante Kazumi Ogawa- I Nesta semana nos dias 6 e 9 de agosto, o mundo vai relembrar as bombas atômicas que foram lançadas sobre…

read more

O UNDO-KAI

150 150 Iochihiko Kaneoya

  O UNDO-KAI Os imigrantes japoneses trouxeram ao Brasil o costume da realização anual do Undo-kai, mais conhecido entre nós como Gincana poli-esportiva. A princípio era realizado em comemoração ao…

read more

Hinamatsuri (雛祭り) Festival de Bonecas – O Dia das Meninas

150 150 Iochihiko Kaneoya

O dia 03 de março é conhecido como Hinamatsuri (雛祭り). É uma festa típica japonesa. Tem como ritual a montagem de altares com panos vermelhos em degraus, chamados de hinadan,…

read more

Madadayo – Akira Kurosawa

150 150 Iochihiko Kaneoya

MADADAYO Diretor: Akira Kurosawa – 1993 Filme lírico, poético, de casto humor, porém, rico e denso ao mostrar valores do relacionamento professor-aluno, bastante acentuados na cultura japonesa. É a história…

read more

Akai Chouchin: a lanterna vermelha

150 150 Iochihiko Kaneoya

Akai Chouchin: a lanterna vermelha

read more

Bonsai (盆栽) | planta na bandeja

150 150 Bruno Kaneoya

O bonsai é a arte de cultivar miniaturas de árvores em vasos decorativos. De origem chinesa, esta forma de expressão artística caiu nas graças do povo japonês devido ao amor xintoísta à natureza, e principalmente pela filosofia zen budista por trás de toda esta belíssima arte.

read more

A Balada de Narayama

150 150 Iochihiko Kaneoya

Filme ganhador da Palma de Ouro em Cannes em 1983, foi considerado o melhor filme do ano.

read more

Gastronomia japonesa | Cores, Sabores e Tradições

150 150 Haruna

Tradicionalmente, a cozinha japonesa tem os seguintes conceitos: cinco cores, cinco métodos de cozedura e cinco sabores. Cabe a um bom cozinheiro saber encontrar o equilíbrio entre eles na preparação de uma refeição.

read more

Hiroshima mon amour

150 150 Bruno Kaneoya

Todo o filme pode ser reduzido no princípio, na força do haicai imagético escrito por Resnais na tela: o amor flui sob as cinzas imune às vicissitudes do tempo, movimenta-se, encontra-se, dá-se, existe. Vivo, logo amo.

read more

Kanten [寒天] | Agar-agar

150 150 Haruna

Kanten [寒天], conhecido também como ágar-ágar, refere-se ao pó obtido a partir das folhas desidratadas de diversos tipos de algas marinhas. Ao ser dissolvido e fervido na água, obtém uma estrutura gelatinosa e sólida, utilizado milenarmente em vários pratos da gastronomia japonesa, desde doces até pratos salgados como macarrão (tokoroten).

read more

O haikai, haicai ou haiku

150 150 Iochihiko Kaneoya

A forma de poesia haikai, ou haicai aportuguesado, haiku para os japoneses, de apenas 17 sílabas, é a composição de imagens que, como na linguagem cinematográfica, partem de um cenário geral para o particular, ou, como ensina Bashô, da “permanência” para a “transformação” ou “percepção momentânea” apenas sugerindo, mostrando de relance, cabendo ao leitor sua interpretação, “o que (interpretação do leitor) faz da imperfeição do haiku uma perfeição de arte”, como diz Yone Noguchi.

read more