fev 13 2012

Valores culturais e sociais nipônicos

SASAKI, Elisa Massae. Valores culturais e sociais nipônicos.  In: ENCONTRO SOBRE LÍNGUA, LITERATURA E CULTURA JAPONESA, 4., 2011, Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Associação dos Professores de Língua Japonesa do Rio de Janeiro, 2011.

 

RESUMO

A sociedade japonesa é norteada por alguns valores como harmonia, impermanência, coletividade, hierarquia, respeito aos mais velhos. As palestras apresentarão sobre as manifestações desses valores culturais e sociais nipônicos em diferentes aspectos. Este trabalho discorrerá sobre os preceitos básicos do Xintoísmo, Budismo e Confucionismo que vieram sendo incorporados na sociedade japonesa ao longo da sua história, presentes ainda nos dias de hoje, que compõem os valores culturais e sociais nipônicos.

Palavras-chave: Cultura japonesa. Sociedade japonesa. Valores.

Trabalho na íntegra: Valores culturais e sociais nipônicos


Use as estrelas abaixo para dar uma nota a este artigo:
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (Este artigo ainda não foi avaliado)


Imprima uma versão mais simples deste artigo.
Gostou? Recomende este artigo por email. Gostou? Recomende este artigo por email.

Por enquanto, nenhum comentário. Comente.

jet horizontal

jul 14 2008

Obon [お盆]

http://www.date2.jp/img/hotspot/01kakougo1_image_big.jpg

Obon [お盆] é a ocasião em que os japoneses prestam homenagens aos antepassados. Tão importante quanto o ano novo, esta comemoração budista originária do século VII, começa no dia 15 de julho em algumas regiões como Tokyo, Yokohama e Tohoku, e em15 de agosto em Kanto, Chugoku, Shikoku e Kyushu. Esta disparidade na data de início do obon, dá-se devido a mudança do calendário referência para o Japão na Era Meiji, do lunar para o solar.

Acredita-se que nesses 3 dias os espíritos voltam às suas casas, por isso é costume limpar as casas e oferecer uma grande variedade de frutas e legumes aos ancestrais, colocando-os em frente aos butsudans (oratórios budistas). Além das comidas, flores e chouchin (lanternas de papel) completam os enfeites característicos dos altares. As fachadas das casas japonesas ganham lanternas chamadas mukaebon, para indicar o caminho dos espíritos, e os familiares visitam os antepassados nos cemitérios.

Mas as comemorações vão além dos enfeites e orações, as principais atrações do obon, são o festival da dança do bon odori e o tooro nagashi:

  • Bon Odori [盆踊り]: é uma dança de boas vindas e de agradecimento aos antepassados.
  • Tooro Nagashi [灯籠流し]: cerimônia na qual chouchins (lanternas de papel) são lançados em rios com o objetivo de guiar os espíritos de volta ao outro mundo.

Obon é a abreviação de Urabon [于蘭盆會], a tradução japonesa literal da palavra sânscrita (idioma antigo indiano) Ullambama, um Sutra  Mahayana escrito por Sakyamuni Buda que conta a história de seu discípulo, Mokuren Sonja. O monge era dotado de poderes especiais e usou-os para saber o destino de sua mãe que acabara de falecer. Ele descobriu que, infelizmente, ela caíra no caminho dos fantasmas famintos. Mokuren solicitou ajuda ao seu mestre e Sakyamuni o instruiu a fazer oferendas a todos os monges que haviam completado o retiro de verão. Ao seguir as instruções de seu professor, Mokuren salvou sua mãe e ela se tornou um buda.

Referências:
http://gojapan.about.com/cs/japanesefestivals/a/obonfestival.htm
http://www.japan-guide.com/e/e2286.html
http://raider.muc.edu/re/WorldReligions/What%20is%20Obon.htm
http://en.wikipedia.org/wiki/Bon_Festival
http://en.wikipedia.org/wiki/Toro_Nagashi


Use as estrelas abaixo para dar uma nota a este artigo:
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas


Imprima uma versão mais simples deste artigo.
Gostou? Recomende este artigo por email. Gostou? Recomende este artigo por email.

3 comentários

jet horizontal

Pages: 1 2 3 Next

Pages: 1 2 3 Next