jun 16 2008

J League: a liga profissional de futebol japonês

http://www.flickr.com/photos/spilt-milk/

Embora a primeira partida oficial de futebol no Japão tenha sido disputada há 120 anos, entre Kobe Regatta e Yokohama Country, somente em 1921 foi fundada a Japan Football Association (JFA). Após sucessivos fracassos das equipes japonesas nas olimpíadas de Berlim e Tóquio, em 1965 foi criada a primeira liga de futebol japonês, a Japan Soccer League (JSL). Mas os times ainda eram formados, basicamente, por jogadores amadores.

Até que no dia 15 de maio de 1993, aproximadamente 60 mil torcedores presentes no Estádio Nacional de Tóquio, vibraram com o pontapé inicial da J League. Criada com o objetivo de desenvolver a cultura esportiva do país e auxiliar na evolução da saúde mental e física do povo japonês, a liga é hoje uma das mais importantes da Ásia e contribui significativamente para o futebol mundial.

Desde a sua fundação, a liga passou por vários momentos importantes em sua história até a sua estabilização em 1999:

  • A 2ª temporada em 1994, conforme previsto pelos dirigentes, foi um sucesso. Muitos jogadores estrangeiros foram contratados e os estádios viviam cheios.
  • Após 3 anos de muito sucesso, em 1997 a liga passou por grandes dificuldades. A combinação de altos salários e estádios vazios foi fatal para alguns clubes.
  • Em 1998 os clubes decidiram não depender exclusivamente dos grandes patrocinadores nacionais e se aproximaram do povo de suas respectivas cidades. Esta atitude atraiu mais investimentos locais.
  • Em 1999 foi criada a 2ª divisão com 10 clubes: um da J League e nove da JFL (Japan Football League).

A liga, que hoje conta com 18 times na 1ª divisão e 15 na 2ª, funciona em um modelo similar ao campeonato brasileiro, no qual os dois últimos colocados da 1ª divisão são rebaixados e os dois primeiros da 2ª, promovidos. Até o ano de 2004 o campeonato era disputado em duas metades. Os vencedores se enfrentavam em uma partida final para determinar o campeão do ano. Contudo, a partir da temporada de 2005 foi adotado um novo modelo, o de pontos corridos, similar ao campeonato brasileiro.

Grandes jogadores brasileiros como Zico (também treinou a seleção japonesa), Edmundo, Leonardo, Jorginho e Mozer já atuaram na liga como grandes estrelas. Nos dias de hoje, alguns jogadores japoneses como Nakata e Nakamura, já marcam seus gols por clubes europeus.

Por fim, a J League não se resume ao futebol e a sua responsabilidade com a sociedade é respeitável. Um dos conceitos trabalhados na liga é o da “visão de 100 anos”:

  • Criar iniciativas e construir estruturas que incentivem a prática de esportes em sua cidade.
  • Criar clubes nos quais possam ser praticados outros esportes além do futebol.
  • Conectar pessoas de todas as idades através do esporte.

Referências:
http://www.soccerphile.com/soccerphile/archives/wc2002/fo/co/jf.html
http://news.bbc.co.uk/sport3/worldcup2002/hi/team_pages/japan
http://en.wikipedia.org/wiki/Category:Japan_Soccer_League_players
http://en.wikipedia.org/wiki/Japan_Soccer_League
http://jleague.wordpress.com/page/2/
http://en.wikipedia.org/wiki/J._League
http://www.j-league.or.jp/eng/mission/


Use as estrelas abaixo para dar uma nota a este artigo:
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas


Imprima uma versão mais simples deste artigo.
Gostou? Recomende este artigo por email. Gostou? Recomende este artigo por email.

6 comentários

jet horizontal

mai 22 2008

Sushi [寿司] | Origem

http://www.flickr.com/photos/fofie57/417279652/sizes/o/

O Sushi [寿司] é, sem dúvidas, o prato mais popular e apreciado da culinária japonesa pelo ocidente.

Há mais de 2.000 anos, no sudeste asiático, a técnica de conservar peixes consistia em colocá-los entre o arroz cozido. Dentro de alguns dias, a fermentação do arroz produzia ácido láctico, o qual azedava o peixe, evitando assim a sua decomposição. Esta técnica foi introduzida no Japão na Era Heian (794-1191), através da China.

Na região do Lago Biwa, surgiu há cerca de 1.300 anos, um tipo de sushi chamado funazushi [鮒寿司], cujo preparo levava de 2  a 14 meses. Mas como apenas o peixe era consumido, o desperdício de grandes quantidades de arroz era inevitável. Somente muito mais tarde, passou-se a consumir peixe cru com arroz previamente fermentado.

No final da Era Muromachi (1338-1572), a maturação do arroz passou a ser realizada em menos tempo e juntamente com o arroz fermentado, outros ingredientes como gengibre, wasabi e shoyu foram incorporados. Surgiu então o Narezushi.

O acréscimo de vinagre no arroz, aconteceu em meados do século XVII, em Edo (atual Tóquio) pelas mãos de um médico, Matsumoto Yoshiichi [松本義一], que possibilitou a redução do tempo de preparo do arroz. Mas o sushi, como se conhece atualmente, foi criado por Hanaya Yohei [花屋与兵衛], um chef de cozinha que, por volta de 1800, teve a idéia de servir peixes fatiados crus, até então conservados em sal ou azedados, sobre bolinhos de arroz. Surge assim o nigirizushi [握り寿司], arroz temperado moldado na palma da mão combinado com uma fatia de peixe cru e um pouco de wasabi.

O corre-corre cotidiano da cidade de Tóquio levou ao surgimento de diversos quiosques que serviam comidas rápidas. Entre eles, destaca-se o quiosque de Yohei no bairro de Ryogoku, o primeiro a vender nigirizushi. Diz um haikai da época:

Amontoados juntos
Angustiados na espera
Fregueses apertam as mãos
Yohei aperta sushi

http://www.clubedosushi.com.br

Em 1923, após a cidade de Tóquio ser atingida por um terremoto, muitos donos de quiosques alimentícios retornaram às suas províncias de origem. Levaram consigo a receita do sushi e assim, o prato espalhou-se por todo o território japonês.

Fontes:
http://sushi-master.com/jpn/whatis/history.html
http://www.sushiwalking.com/history/
http://www.japaobrasil.com.br/historia_culinaria/249.php
http://iroha-japan.net/iroha/B02_food/18_sushi.html
http://www.osushiya3.com/2008/02/post-5.html
http://www.unc.edu/~dcallen/japn106/cultureproject/index.html


Use as estrelas abaixo para dar uma nota a este artigo:
1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas


Imprima uma versão mais simples deste artigo.
Gostou? Recomende este artigo por email. Gostou? Recomende este artigo por email.

2 comentários

jet horizontal

Pages: 1 2 3 Next

Pages: 1 2 3 Next