xintoismo

Xintoismo: mitologia e sua influência na formação da cultura e do caráter do povo japonês

150 150 Iochihiko Kaneoya

A concepção do xintoísmo para o japonês era de si tão natural, genérica e vasta, que até a chegada do budismo no século VI, não tinha nome especificado. Quando se…

read more

Valores culturais e sociais nipônicos

150 150 Paula Hidemi Kaneoya

SASAKI, Elisa Massae. Valores culturais e sociais nipônicos.  In: ENCONTRO SOBRE LÍNGUA, LITERATURA E CULTURA JAPONESA, 4., 2011, Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Associação dos Professores de Língua Japonesa…

read more

A influência do xintoísmo, pensamento chinês e zen na formação do bushido e a experiência zen de Eugen Herrigel

150 150 Paula Hidemi Kaneoya

HOFFMANN, Leonardo. A influência do xintoísmo, pensamento chinês e zen na formação do bushido e a experiência zen de Eugen Herrigel. 2008. 158 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação)…

read more

Madadayo – Akira Kurosawa

150 150 Iochihiko Kaneoya

MADADAYO Diretor: Akira Kurosawa – 1993 Filme lírico, poético, de casto humor, porém, rico e denso ao mostrar valores do relacionamento professor-aluno, bastante acentuados na cultura japonesa. É a história…

read more

Fontes ideológicas das artes marciais japonesas

150 150 Iochihiko Kaneoya

O Japão sempre foi fiel aluno e profundo admirador da cultura da China e da Coréia. Importou da China o budismo, o confucionismo, as artes, a escrita, o sistema político, instrumentos musicais, usos e costumes. Os coreanos ensinaram a arte da fundição, da carpintaria e incentivados pelo príncipe Shotoku, a escrita chinesa kanji foi ensinada pelo mestre coreano Wang-I aos iletrados japoneses do século VI, como instrumento necessário para o aprendizado do budismo.

read more

Sumô (相撲)

150 150 Bruno Kaneoya

O sumô é um tradicional esporte de contato no qual dois lutadores (rikishi), duelam entre si em uma área circular chamada dohyo, com o objetivo de fazer com que o adversário toque alguma parte do corpo no chão ou saia da área delimitada.

read more

A alma do povo japonês | Conseqüência nas artes

150 150 Iochihiko Kaneoya

O japonês se sente respeitoso, grato, íntimo, uno à natureza. Sente gratidão respeitosa quando a usa para si. Se destrói árvores costuma erigir um pequeno santuário no local em agradecimento. Como primitivos indígenas, vive em harmonia com o meio em que vive.

read more

A alma do povo japonês | Conseqüências políticas

150 150 Iochihiko Kaneoya

Trazidas da China, a princípio como produtos culturais de uma sociedade altamente desenvolvida, cedo os shoguns perceberam a eficácia das doutrinas do budismo e do confucionismo como instrumento de controle dos governados.

read more

A alma do povo japonês | Xintoísmo

150 150 Iochihiko Kaneoya

É a religião primitiva do Japão. Baseia-se no culto da natureza, dos antepassados e das coisas do país.

read more

A alma do povo japonês | Mitologia

150 150 Iochihiko Kaneoya

A cosmogonia japonesa é explicada pelo Shintoismo, ou Xintoismo, já aportuguesado, baseado nos mais antigos escritos japoneses, o Kojiki (relato de fatos antigos), do ano 712 e o Nishonshoki (relato de fatos do Japão) de 720.

read more