Bonsai (盆栽) | planta na bandeja

Bonsai (盆栽) | planta na bandeja

150 150 Bruno Kaneoya

http://flickr.com/photos/09traveler/1324756576/sizes/m/in/photostream/

O bonsai é a arte de cultivar miniaturas de árvores em vasos decorativos. De origem chinesa, esta forma de expressão artística caiu nas graças do povo japonês devido ao amor xintoísta à natureza,  e principalmente  pela filosofia zen budista por trás de toda esta belíssima arte.







Dentre todos os valores, a qualidade estética é a mais valorizada. Existem vários princípios que norteiam o desenvolvimento de um bom bonsai:

  • Transmitir a sensação de peso e idade avançada;
  • Poucos galhos dará ao bonsai um aspecto mais maduro;
  • Com raízes visíveis, ela aparentará ser mais estável;
  • Tendo o seu tronco curvado, o bonsai acentuará o seu aspecto do peso.

A combinação de diferentes  tipos de árvore, locais, solos, vasos etc,  proporcionam a criação de vários tipos de bonsais. São eles:

  • Chokan: árvore com tronco reto, que diminui a espessura gradativamente da base até o topo. Ramos simétricos e balanceados.
  • Moyogi: tronco sinuoso, levemente inclinado.
  • Shakan: tronco reto ou levemente sinuoso e inclinado.
  • Kengai: o tronco se movimenta para a lateral e depois para baixo, saindo do vaso.
  • Han-kengai: tronco similar ao anterior, contudo sem o movimento para baixo.
  • Fukinagashi: galhos e tronco inclinados como se tivessem sido movimentados pelo vento.

Estes vários tipos de bonsais chegaram ao Japão durante a Era Kamakura (séculos XII ao XIV) e se desenvolveram durante toda a Era Tokugawa (século XVII ao XIX). Foi uma arte restrita às classes dominantes japonesas. Nos séculos XVII e XVIII a arte do bonsai atingiu o seu ápice e  se popularizou no Japão.

Nas primeiras exibições de bonsai no ocidente, entre os anos de 1880 e 1900, estas obras de arte foram alvo de polêmicas. Até meados do ano de 1935, dizia-se que estas árvores eram vítimas de torturas e eram comparadas às garotas chinesas que utilizavam sapatos de números menores com o objetivo de moldar os pés.

Por fim, certamente as técnicas de cultivo do bonsai não maltratam as árvores, e resumem-se a conceitos básicos de jardinagem, tais como: podar, aguar e adubar.

Referências:
http://www.ryusuipt.com/Bonsai/1.html
http://en.wikipedia.org/wiki/Bonsai
http://www.koryunet.com
http://www.newworldencyclopedia.org/entry/Bonsai

Bruno Kaneoya

Bruno Kaneoya, designer e sansei (neto de japoneses). "Como designer, é imprescindível compreender a maneira como a sociedade funciona, se comporta e se transforma, por isso escrevo sobre este assunto no NIPOCULTURA."

All stories by : Bruno Kaneoya
4 Comentários
  • Ribamar Lopes 24/11/08 at 12:30

    Artigo muito inspirador. Dá até vontade aprender a técnica do bonsai.

  • Olá!!! Parabéns pelo blog!! Estou indo em breve ao Japão, para morar… e este blog é um excelente local para aprender mais sobre a cultura japonesa, sobre sua histórias e excentricidades.

    Percebi que seu último post foi feito em novembro do ano passado. Então, gostaria de pedir que não pare… não pare de escrever!!!

    jana.

  • quanto custa um bonsai, e onde eu posso encontra-lo??

  • Olá, parabéns pelo site. Gostei muito e prometo fazer mais visitas. 🙂
    Podem-me dizer como se chama a espécie da árvore da fotografia?

    Obrigado,
    Sandra B.

Leave a Reply