Warning: Use of undefined constant AUTH_KEY - assumed 'AUTH_KEY' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /nfs/c04/h02/mnt/64115/domains/nipocultura.com.br/html/wp-content/themes/movedo/includes/framework/inc/class.redux_instances.php on line 67

Warning: Use of undefined constant SECURE_AUTH_KEY - assumed 'SECURE_AUTH_KEY' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /nfs/c04/h02/mnt/64115/domains/nipocultura.com.br/html/wp-content/themes/movedo/includes/framework/inc/class.redux_instances.php on line 67
Arquivos história - Página 6 de 8 - NIPOCULTURA

história

A guerra de Genpei (源平合戦), o fim de uma era

150 150 Bruno Kaneoya

Nesta época, 2 poderosos clãs de samurais disputavam o controle do país: os Minamoto (Genji) e os Taira (Heike). E entre os muitos conflitos envolvendo os dois clãs, destaca-se a Guerra de Genpei, o qual marcou o fim de um período e o estabelecimento de um novo xogun, agora como o administrador do país.

read more

O ideograma e a língua japonesa

150 150 Iochihiko Kaneoya

Tem-se como certa a entrada dos kanjis no Japão trazidas da China por monges em escrituras budistas entre os séculos II e III da nossa era. Somente no século VI, com o incentivo à difusão do budismo pelo príncipe Shotoku, o conhecimento do kanji se espalhou pelo país.

read more

O Caminho de Shikoku (四国), a renovação

150 150 Bruno Kaneoya

O caminho de Shikoku é composto por 88 templos e tem aproximadamente 1400 quilômetros de extensão. É procurado pelos peregrinos, principalmente, para a renovação de suas vidas.

read more

O ideograma como linguagem

150 150 Iochihiko Kaneoya

O ideograma nos proporciona essa agudez imagética, no dizer de Eisenstein. É a imagem pictográfica que fala por si, e pela sutileza de sua concepção, nos mostra o dinamismo da emoção ali visível. É o significante que dispensa o significado e salta imediatamente para a significação, ou se funde à significação, desenhando a palavra que é ao mesmo tempo pintura e poema.

read more

Sumô (相撲)

150 150 Bruno Kaneoya

O sumô é um tradicional esporte de contato no qual dois lutadores (rikishi), duelam entre si em uma área circular chamada dohyo, com o objetivo de fazer com que o adversário toque alguma parte do corpo no chão ou saia da área delimitada.

read more

Aspectos históricos, etimológicos e lingüísticos da escrita ideográfica – kanji

150 150 Iochihiko Kaneoya

Os registros arqueológicos mais antigos da escrita foram encontrados inscritos em ossos de animais e cascos de tartaruga. Havia a necessidade de se manterem registradas as fórmulas mágicas dos sacerdotes e a dos oleiros, em marcar suas obras.

read more

A alma do povo japonês | Conseqüência na literatura

150 150 Iochihiko Kaneoya

A literatura japonesa adquiriu expressão com Murasaki Shikibu e Sei Shonagon por volta do ano 1000.

read more

A alma do povo japonês | Conseqüência na vida social

150 150 Iochihiko Kaneoya

Derivada do extremo respeito ao próximo ditado pelas normas morais, o povo japonês é extremamente cortês e preocupado com o sentimento alheio.

read more

A alma do povo japonês | Conseqüência nas artes

150 150 Iochihiko Kaneoya

O japonês se sente respeitoso, grato, íntimo, uno à natureza. Sente gratidão respeitosa quando a usa para si. Se destrói árvores costuma erigir um pequeno santuário no local em agradecimento. Como primitivos indígenas, vive em harmonia com o meio em que vive.

read more

A alma do povo japonês | Conseqüência no ideário do guerreiro

150 150 Iochihiko Kaneoya

Por quase 700 anos o Japão foi governado por militares. Sob o governo do shogunato, o Japão, com poucas exceções, isolou-se do mundo ocidental, mantendo entretanto, ligações com os reinos da Coréia e da China, ocupadas sob o shogunato de Toyotomi Hideyoshi.

read more

A alma do povo japonês | Conseqüências políticas

150 150 Iochihiko Kaneoya

Trazidas da China, a princípio como produtos culturais de uma sociedade altamente desenvolvida, cedo os shoguns perceberam a eficácia das doutrinas do budismo e do confucionismo como instrumento de controle dos governados.

read more