O que os japoneses escrevem nos envelopes em cerimônias – II

O que os japoneses escrevem nos envelopes em cerimônias – II

150 150 Iochihiko Kaneoya

Yuinou: dote para enxoval

Em cerimônias de casamento:







O casamento é precedido de ritual de entrega de dote pelo noivo, chamado yuinou ( 結納). Tem a finalidade de ajudar a comprar o enxoval. Depois a noiva faz uma devolução em agradecimento, (yuinou gaeshi –結納返し), também como ajuda na compra do enxoval.

As escritas do noivo:

御 帯 料o-obiryou –  “para despesas com a faixa (aqui a parte representando o todo – quimono)”.

御 帯 地 料 gotaichiryou – “para despesas com a faixa e moradia”

小 袖 料 kosoderyou “para despesas com a manga (no lugar de quimono)”

As escritas da noiva:

 御 袴 料ohakamaryou –  “para despesas com o hakama (calça masculina)”

御 袴 地 料ohakamachiryou “para despesas com o hakama e moradia”

 Em aniversários:

 寿祝い ―  kotobuki iwai – “comemoração de longa vida” – utilizado por ocasião de aniversários natalícios após os 60 anos. Pode-se escrever de forma simples como mostrado ou kotobuki – nome da idade – iwai. Ex. (kotobuki – beiju – iwai) (寿 米寿祝). Os japoneses costumam dar maior importância para algumas comemorações: 60, 70, 77 e 88 anos. São assim chamadas:

 60 anos – kanreki (還暦)kaju(華寿) : kanreki, literalmente, “repetir, história”. Diz-se que o homem volta a ser criança novamente; na comemoração veste-se como criança com roupa chamada chanchanko – boina e colete vermelhos. No horóscopo chinês é quando o círculo volta à sua origem por isso, diz-se também honke gaeri. Diz-se também kaju, escrevendo-se com o ideograma ka(flor) porque neste kanji o número dez (十) aparece seis vezes e o um (一) aparece uma vez.

Vestido para o kanreki

66 anos – rokuju ( 録寿)

70 anos – koki (古希) : kanjis derivados de um antigo poema: 「人生七十、古来稀なり」- (jinsei nanaju, korai marenari – A vida – 70 anos – coisa rara) 

77 anos – kiju (喜寿)

80 anos – sanju (傘寿) : o número 80 (八十 ) pode ser visto decompondo-se o primeiro kanji.

81 anos – hanju (半寿) – banju (盤寿) shitsuju ( 漆寿) : o número 81(八十一) pode ser visto decompondo-se o primeiro kanji.

88 anos – beiju (米寿) : a decomposição de bei forma o número 88(八十八).

90 anos – seiju (聖寿)(星寿)sotsuju (卒寿) : o kanji sotsu pode ser decomposto em 90 (九十 )卆)。

95 anos – chinju (珍寿) : “idade rara”

99 anos – hakuju (白寿) :  ao primeiro kanji, se adicionado um, forma o kanji cem「百」.

100 anos – momoju (百寿) – kiju (紀寿): ki (紀 ), referência a um século (seiki – 世紀 ).  

Acima de 100 anos – jouju(上寿)

108 anos – chaju (茶寿) :  o kanji cha茶」pode ser decomposto em (10, 10, 88)「十、十、八十八」.

111 anos – kouju (皇寿) – senju (川寿):  decompondo-se kou「皇」obtém-se白 (=99)、一、十、一」 e o kanji kawa escreve-se como o número 111 com três traços paralelos(川 ), que também lê-se sen.

112-118 anos – chinju (珍寿): “idade rara”

119 anos – ganju (頑寿):  o kanji gan「頑」pode ser decomposto em「二、八、百、一、八」.          

120 anos – sekiju (昔寿)daikanreki (大還暦):  o kanji mukashi昔」pode ser decomposto em 20 + 100 「廿 (=20) + 百」, ou como o nome sugere “grande kanreki”. 

Referências

BUTSUJI

FUJINO, Iwatomo. Kokkan heiyou shinjiten. Tokyo: Shubunkan-han, 1968.

HOUJI. In: Japan Guide. [S.l.]: Japan Guide, [s.d.]. Disponível em: <http://www.jp-guide.net/manner/ha/houji.html>. Acesso em: 09 out. 2011.

KANREKI. In: Encyclopedia of Shinto. [S.l.]: Encyclopedia of Shinto, [s.d.]. Disponível em: <http://eos.kokugakuin.ac.jp/modules/xwords/entry.php?entryID=1040>. Acesso em: 09 out. 2011.

KOUDEN. In: Wikipedia. [S.l.]: Wikipedia, [s.d.]. Disponível em: <http://ja.wikipedia.org/wiki/%E9%A6%99%E5%85%B8>. Acesso em: 09 out. 2011.

MATSUE, Shigeo; YOSHIDA, Tosaku. Gendai kokugo jiten. Tokyo: Nippon bungeisha, 1981.

NENREI. In: Wikipedia. [S.l.]: Wikipedia, [s.d.]. Disponível em: <http://ja.wikipedia.org/wiki/%E5%B9%B4%E9%BD%A2#77.E6.AD.B3>. Acesso 09 out. 2011.

NOSHI. In: Japan Guide. [S.l.]: Japan Guide, [s.d.]. Disponível em: <http://www.jp-guide.net/manner/na/noshi.html>. Acesso em: 09 out. 2011.

NOSHI. In: Wikipedia. [S.l.]: Wikipedia, [s.d.]. Disponível em: <http://ja.wikipedia.org/wiki/%E7%86%A8%E6%96%97>. Acesso em: 09 out. 2011.

TAKATSUKA, Takedo. Shodo santaijiten. Tokyo: Nobarasha, 2002

YAMADA, Toshio et al. Shinchou gendai kokugo jiten dainihan. Tokyo: Shinchoushahan, 2011.

Iochihiko Kaneoya

Formado em Direito e mestrando em cultura japonesa pela Universidade de São Paulo - USP. Pesquisador da cultura japonesa.

All stories by : Iochihiko Kaneoya

Leave a Reply