Representação cartográfica dos japoneses “estrangeiros” em Santa Catarina, segundo os censos de 1940-1980

Representação cartográfica dos japoneses “estrangeiros” em Santa Catarina, segundo os censos de 1940-1980

150 150 Paula Kaneoya

MARTINELLO, André Souza. Representação cartográfica dos japoneses “estrangeiros” em Santa Catarina segundo os Censos de 1940-1980. Percursos (Udesc-Florianópolis), v. 10, n. 1, p. 76-93, jan/jun. 2009. Disponível em: <http://www.nipocultura.com.br/?p=1083>. Acesso em: 07 abr. 2011.

 







RESUMO

Este artigo apresenta considerações de uma pesquisa realizada através de algumas ferramentas, a partir da Cartografia Temática e da Geografia da População. Através dos censos das décadas de 1940 até 1980 efetuados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE – buscaram-se informações a respeito da presença de japoneses no Estado de Santa Catarina. A partir desses resultados, utilizou-se a base cartográfica digital do IBGE referente ao Estado, como ponto de partida para a elaboração de mapas temáticos. Apresenta-se a seguir, a distribuição espacial, densidade demográfica e localização dos “núcleos” japoneses no território catarinense e parte do processo de pesquisa, a produção dos mapas, bem como algumas análises tecidas.

Palavras-Chave: Japoneses Estrangeiros. Mapeamento. Censo Demográfico. Representação Cartográfica de Santa Catarina.

 

Trabalho na íntegra: Representação cartográfica dos japoneses “estrangeiros” em Santa Catarina, segundo os censos de 1940-1980

Contato: andresoumar@yahoo.com.br