Tsukiji (築地) | O grande mercado

Tsukiji (築地) | O grande mercado

150 150 Rafael

http://www.flickr.com/photos/amehare/161404157/in/set-72157594157100677/

Tsukiji é o maior mercado atacadista de peixes do mundo. Situado em Tóquio, o local é um grande atrativo para turistas estrangeiros devido a grande variedade de produtos ofertados e, principalmente, pelo famoso leilão de peixes.







Mais de 350 tipos de produtos provenientes do mar (de alimentos a utensílios domésticos) são negociados diariamente no local. Quantidades surpreendentes de carne, cogumelos, picles e outros variados produtos alimentícios também fazem parte dos 28 milhões de dólares negociados no dia-a-dia do grande mercado. Das 2,2 mil toneladas de produtos comercializados em Tsukiji, muitos são importados diretamente de mais de 60 países, de todos os continentes.

Todas as manhãs chegam polvos de Atenas, salmões de Santiago, atuns da Tasmânia, entre outras variedades de itens provenientes das mais longínquas águas do globo.

Cerca de 60 mil pessoas movimentam uma frota de 32 mil veículos ilustrando, todos os dias, um grande congestionamento no local. No horário de pico em Tsukiji, por volta das 6 horas da manhã, as barracas lotadas e passagens estreitas ficam tão abarrotadas com caminhões, bicicletas, motos, carros de carga e empilhadeiras que quase não há espaço para andar.

Fugindo um pouco do tema e trazendo ao foco a questão dos valores monetários: é sabido que o Japão tem grande fama por seus preços astronômicos e um dos motivos disso é a notória ineficiência de seu sistema de distribuição. Mas isso faz parte do contrato social básico do país. Para se garantir que quase todos os japoneses tenham trabalho, camadas adicionais de mão-de-obra são acrescentadas a praticamente todas as atividades econômicas e Tsukiji não fica fora deste cenário.

No maior mercado de peixes, todos sabem que os recursos pesqueiros são finitos e práticas sustentáveis são constantemente estimuladas. Segundo a política de Tsukiji, peixe não pode faltar, pois para manter o maior mercado de produtos do mar, o ininterrupto comércio precisa continuar.

Fonte:
http://www.lejapon.fr/blog/
http://paginas.terra.com.br/arte/estacaojapao/reportagem_tsukiji.htm